SUBdV Architecture+55 11 3062-3522
subdv@subdv.com

Mutante

maquete-1
Para a exposção Panorama 33, propomos uma redefinição dos Museus de Arte Moderna
de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. As propostas trabalham os problemas físicos de isolamento e e falta de acessibilidades de cada um dos três museus. Assim, um tipo de arquitetura genética é usada para gerar novos afilhados usando os genótipos dos três museus existentes para derivar novos fenótipos que serão influenciados por novas recombinações e contextos.

maquete-2 copy

BLENDSHAPE – A Quarta Identidade Mutante

Atualmente, cada MAM possui um sistema de circulação singular e monolítico, limitando a acessibilidade entre espaço público e as obras de arte. Nós propomos a geração de novos tipos de acessibilidade entre a cota da cidade e as galerias criando um sistema de articulações topológicas que suavemente conecta o espaço público e as obras de arte.  Para tal, especulamos a criação de uma quarta identidade – um filho mutante que combina características genotípicas de cada museu, fundindo suas condições topológicas para criar um novo sistema de circulação.

maquete-3 copy

O MAM Rio de Janeiro possui um Piso flutuante, elevado e separado do espaço público abaixo, conectado apenas por pontos de circulação. O MAM São Paulo está localizado em um espaço plano e baixo sob a marquise, que é em si bastante curvilínea em planta, porém o visitante não experimenta tal articulação verticalmente em seção, de maneira que não há um engajamento em um sistema fluide de circulação tridimensional. Por fim, o sistema de circulação do MAM Salvador é definido por uma escada em espiral, em apenas um momento do museu, não transformando os espaços de exposição.

maquete-4 copy

O quarto filhote combina os genótipos dos 3 Pisos: a planta em curva da marquise é usada verticalmente em seções para criar novas condições de acessibilidade entre a cota da cidade, o Piso suspenso do MAM Rio de Janeiro e o novo terraço-galeria sobre a marquise, inspirado em espaços como a instação DIA de Dan Grahan ou o espaço sobre o Metropolitan Museum, ambos em Nova Iorque. Para criar mais interação entre as várias galerias, ao da organização linear dos museus de São Paulo e Rio, a proposta apresenta uma organização radial policêntrica derivada da escada em espiral do MAM Salvador, criando uma circulação em loop para criar a oportunidade de mais referenciações cruzadas entre as várias galerias e trabalhos de arte. O MAM Mutante cria novas, mais fluídas e interconectadas relações entre diferentes obras e diferentes galerias e espaços públicos.

maquete-5 copy

subdv@subdv.com
+55 11 3062-3522
Al. Tietê, 17
01417-020 São Paulo SP
Brasil